Notícia7 coisas que você precisa saber sobre as mudanças no feed do Facebook

O Facebook anunciou no final do ano passado que dará prioridade a “interações sociais significativas” no feed de notícias em relação aos seus algoritmos de atualizações das páginas. De acordo com a plataforma, essa será a melhor forma conectar os usuários a postagens significativas entre amigos e familiares.

O que isso significa para as empresas que possuem páginas de negócios no Facebook? O Facebook mostrará menos desse conteúdo, ou o que ele chama de “conteúdo público”, incluindo vídeos e outras postagens de editores ou empresas.

Caso a mudança tenha te assustado, não é preciso entrar em pânico e abortar a ideia de usar o Facebook para atrair seus clientes. Até porque essa é a maior mídia social do mundo. O que você precisa é se adaptar a essas mudanças.

A boa notícia é que temos algumas maneiras para você preparar e mudar seus esforços de engajamento no Facebook.

Aqui estão as informações que você deve saber  sobre as mudanças na timeline da sua página do Facebook.

  1. Crie interações sociais significativas

As interações sociais agora serão priorizadas pelo Facebook na determinação das postagens que serão reveladas no feed de notícias. Desse modo, as empresas precisarão criar vínculos. Para tal, procure abrir momentos de conversas, instigue, crie ações para que seu público reaja de alguma forma.

  1. Reconheça o que o Facebook gosta

Você deve saber o que o Facebook estará observando em termos de mensagens significativas das Páginas. E você deve se preparar para qual tipo de postagens obterão menos exposição no News Feed. Páginas que fazem postagens em que as pessoas geralmente não reagem ou comentam poderão ter a menor distribuição no feed de notícias.

Mantenha este material em mente ao criar postagens de páginas comerciais:

  • O Facebook usa sinais, como quantas pessoas reagem, comentam ou compartilham posts, para determinar o quão alto eles aparecem no feed de notícias.
  • O Facebook irá prever quais posts você pode querer interagir com seus amigos e mostrar essas postagens mais altas no feed de notícias. Essas são postagens que inspiram discussão de ida e volta nos comentários e postagens que você pode querer compartilhar e reagir.
  • O Facebook priorizará as postagens de amigos e familiares sobre o conteúdo público. Serão previlegiados os conteúdos condizentes com os valores do usuário no feed de notícias.
  • Seus seguidores de página leais ainda podem ver mais postagens de sua Página se escolherem “Ver primeiro nas Preferências de feed de notícias”.
  1. Sem impacto na publicidade paga

As empresas e os anunciantes não precisam se preocupar com os esforços de publicidade paga no Facebook. Nenhuma alteração na classificação de anúncios para o Facebook ocorrerá através dessa alteração. O leilão de anúncios do Facebook já otimiza o valor do usuário. Os sistemas do Facebook continuarão a levar em consideração a relevância e o feedback para oferecer anúncios às pessoas certas com base nos objetivos de negócios da empresa. O engajamento é uma parte muito pequena do ranking de anúncios. O Facebook baseia-se em muitos outros pontos de dados para determinar quais anúncios as pessoas veem para garantir relevância e valor.

  1. Utilize estratégias de vídeo

As empresas precisam se concentrar tanto no vídeo ao vivo quanto no upload de vídeos nativos. O Facebook está dando mais visibilidade a postagens baseadas em vídeo. Está havendo uma mudança para a TV digital e feita para a TV social. Todos têm uma câmera de TV no bolso para garantir que você encontre a plataforma certa para seus objetivos de vídeo. Foco no vídeo para o feed do Facebook. O vídeo é o formato de anúncio mais rápido e até 2020 o vídeo representará 80% do tráfego de Internet do consumidor, apontam diversas pesquisas.

Para superar o desafio algorítmico, tente usar streaming ao vivo e histórias para que seu negócio melhore no feed de notícias. O vídeo do Facebook Live é observado três vezes mais do que os vídeos normais e aparece mais alto nos resultados de pesquisa.

Você também deve considerar vídeos ao vivo simplesmente porque o Facebook gosta de vídeos ao vivo. As estatísticas deixam claro, na média, eles recebem seis vezes mais interações do que vídeos regulares.

Este é um vídeo produzido pela Interação Digital para empresa RBW Grupo

  1. Seja relevante

Conforme já falamos no nosso post anterior, é importante ser relevante e criar conteúdo de qualidade. Essa ação traz um grande impacto na mudança do algoritmo do Facebook. As marcas que tradicionalmente existiram com ROI questionável, com base em Likes and Shares em seu marketing no Facebook, agora precisam “se empenhar para tornarem-se relevantes” e esquecer dos indicadores de vaidade.

  1. Considere as alternativas do Canal de Marketing

Nate Elliott, ex-analista da Forrester e diretor do Nineteen Insights, sugere que as empresas tratem o Facebook como qualquer outro canal de mídia paga. “Dê seu orçamento do Facebook à sua equipe de compras de mídia para que eles possam decidir quando investir no Facebook e quando esses dólares funcionarão melhor na busca ou na exibição. E ao invés de otimizar o engajamento, otimize as métricas de sucesso tradicionais, como a conscientização e as conversões “, afirma Elliott.

Elliott também sugere investir em canais de marketing de relacionamento que você controla, como e-mail. “Sempre foi arriscado colocar os relacionamentos com os clientes nas mãos de um terceiro. Incentive os fãs a se inscrever para receber e-mails, para não segui-lo no Facebook. Se você tiver seu endereço de e-mail, você sabe que 90% das suas mensagens passarão “.

  1. Interação do usuário a chave

Concentre-se no conteúdo que encoraja, talvez seja necessário a interação do usuário. Fazer com que seu conteúdo encoraje (interação) ajudará a reduzir as dificuldades que trazem essas mudanças no feed de notícias do Facebook. O mesmo vale para conteúdo compartilhável. O conteúdo compartilhado pelo usuário na sua rede, pode trazer grande importância e relevância para os algoritmos do Facebook, isso mostra que seus usuários gostam do seu conteúdo. Tudo é hipotético no momento. Para os profissionais de marketing, a experimentação, o teste A/B e o aumento dos custos estão entrando em jogo.

 

Nós aqui da Interação Digital estamos sempre ligados nas mudanças de algoritmos das Redes Sociais e até do próprio Google, sempre pensando na estratégia e na qualidade dos conteúdos dos nossos clientes. Caso tenha interesse, podemos fazer uma análise gratuita de como está seu posicionamento digital e apresentaremos pra você alguns pontos de melhorias.

 

Comentários

comentários